Como cuidar de um bebê e evitar assaduras

A pele delicada do bebê merece cuidados especiais para evitar assaduras, que podem interferir no humor, no apetite e até mesmo no sono dos pequenos. A infecção é causada pela fricção das fraldas com a pele, além de fungos e bactérias que se reproduzem devido à umidade e a substâncias irritantes presentes em fezes e urina. Mas você sabe que a pomada para assadura é sua aliada? Confira abaixo o passo-a-passo de cuidados com bebê e deixe esse incômodo bem longe do seu filho!

Higiene

O primeiro passo para evitar a inflamação é manter a higiene do bebê em dia. Bebês com até um mês devem ser banhados apenas com água morna. Se o seu bebê tem mais idade, utilize um sabonete neutro. Os banhos devem ser realizados de uma a duas vezes por dia, dependendo do grau de sudorese da criança.

O banho não é necessário a cada troca de fraldas, pois ele remove a camada natural de proteção da pele. No caso de troca de fraldas com xixi, um algodão embebido em água morna é suficiente para limpar a região. Já na hora de trocar a fralda com cocô, é importante lavar o bumbum do bebê, mas apenas utilizando água morna.

Após o banho ou higienização com água, é importante secar muito bem o bebê, utilizando uma toalha macia de algodão. Dê atenção especial às áreas de dobra, pois elas acumulam umidade, favorecendo o aparecimento de assaduras e infecções.

Pomada para prevenir assaduras

Após a correta higienização do bebê, aplique uma camada da pomada para assadura de bebê que previne assadura em todas as áreas de dobra. Se o seu filho está com assadura na virilha, ou em qualquer parte do corpo, você deve tratar o problema utilizando uma pomada que trata a inflamação da pele causada por fungos.

Tome cuidado com o uso de talcos, pois eles podem abafar a pele e favorecer o aparecimento de assaduras. 

Qual a frequência de troca de fralda do bebê?

A fralda deve ser trocada sempre que o bebê fizer xixi ou cocô. Evite deixar seu filho com a mesma fralda por longos períodos, pois isso favorece a proliferação de fungos e bactérias que causam as assaduras e outros tipos de infecções.

Sempre que possível, deixe seu filho sem fralda. Esse hábito simples contribui para a saúde da pele do seu bebê.

Alimentação

A alimentação é outro fator importante para a prevenção das assaduras. Até os seis meses de idade, é recomendável que o bebê se alimente exclusivamente com leite materno, o que ajuda a evitar acidez excessiva em suas fezes e urina.

A mãe também deve evitar a ingestão de alimentos muito ácidos, como abacaxi, morango e kiwi, para que o pH do seu leite permaneça equilibrado. Conheça outros cuidados com recém-nascido.

Alergias

No caso de crianças com mais de 6 meses de idade, as assaduras podem aparecer como decorrência de alergias alimentares. Por isso, ofereça sempre um alimento sólido por vez ao bebê. Assim, se ele apresentar qualquer vermelhidão na pele, você saberá quais alimentos podem causar a reação.

Outra causa de alergias que frequentemente culminam em assaduras são os materiais das fraldas. Se o seu bebê apresenta a inflamação com frequência, experimente trocar a marca das fraldas ou utilizar versões feitas de outros materiais, mais suaves ao toque da pele do bebê.

Se com todos esses cuidados o seu bebê continuar apresentando assaduras, consulte um pediatra.